Inédito na TV, último filme de Humberto Mauro será exibido na Rede Minas

2015-867841699-elke-maravilha-e-humberto-mauro.jpg_20151119

Último filme do cineasta Humberto Mauro, A Noiva da Cidade será exibido pela primeira vez na tv, pela Rede Minas, no dia 08 de março, terça-feira, às 22h30, dentro da programação do Filme em Minas. O enredo trata da história de uma famosa atriz, interpretada por Elke Maravilha, que volta à sua cidade natal em busca de refúgio. A aventura, contudo, parece impossível pois toda a cidade se apaixona por ela.

Com gravações realizadas em Volta Grande, na Zona da Mata, o filme foi realizado por Alex Viany e conta com trilha original de Chico Buarque e Francis Hime. Estreou em 1978 e teve poucas exibições (cerca de seis salas), além de não ter sido distribuído pela produtora, o que configurou à produção um “status de cult”, uma lenda entre cinéfilos e pesquisadores.

“A noiva da cidade” foi recuperado a partir do projeto Filme em Minas, da Secretaria de Estado da Cultura de Minas Gerais, após o historiador mineiro André Martins Borges descobrir uma única cópia do filme na Cinemateca do Museu de Arte Moderna (MAM) do Rio.

Por que assistir ao filme?

Elke Maravilha, a noiva da cidade, dá seu argumento para convencer o público a ver essa obra “praticamente inédita”.

Por que o filme foi recuperado?

André Martins Borges explica a importância de se recuperar essa obra, um filme feito para Humberto Mauro, por seus amigos.

Humberto Mauro e a importância do cinema feito no interior

Como fazer cinema no interior era difícil e a importância da obra de Humberto Mauro para o cinema brasileiro.

Um filme romântico mas sem sentimentalismo

Elke fala sobre o caráter do filme e a sua narrativa.

Pela primeira vez na televisão, o último filme de Humberto Mauro

Mais legal que ver a última obra com o talento de Humberto Mauro é entender como ela saiu de um argumento não desenvolvido para um filme de amigos para o pai do cinema brasileiro. Veja abaixo os detalher dessa bela história.

aNoivaDaCidadeInfografico

Deixe um comentário