Agenda analisa os principais concorrentes ao Oscar

Na cobertura especial do Oscar 2016, o Agenda analisa os principais filmes que estão concorrendo nas principais categorias neste ano. E no domingo a cobertura da cerimônia será feita pela nossa equipe, na fanpage do Agenda e no Twitter da Rede Minas.
Confira abaixo os destaques e a avaliação dos críticos.

 

O Quarto de Jack – Diretor: Lenny Abrahamson. Com Brie Larson, Jacob Tremblay, Joan Allen.
Joy (Brie Larson) e seu filho Jack (Jacob Tremblay) vivem isolados em um quarto. O único contato que ambos têm com o mundo exterior é a visita periódica do Velho Nick (Sean Bridgers), que os mantém em cativeiro. 

“É muito interessante ver filmes que queiram discutir valores humanos, de uma forma geral e o mercado não tem tanto interesse. É um filme importante por isso.” – Bruno Lisboa, crítico de cinema do blog O Poderoso Resumão.

 

A Grande Aposta – Diretor: Adam McKay. Com Christian Bale, Steve Carell, Ryan Gosling.
Michael Burry é o dono de uma empresa que decide investir muito dinheiro do fundo que coordena ao apostar que o sistema imobiliário nos Estados Unidos irá quebrar em breve.

“Uma das características principais é a montagem. É muito ágil… e isso enriquece ainda mais a experiência.” – Marcelo Seabra, crítico de cinema

 

Spotlight – Diretor: Tom McCarthy. Com Michael Keaton, Mark Ruffalo, Rachel McAdams.
Baseado em uma história real, o drama mostra um grupo de jornalistas em Boston que reúne milhares de documentos capazes de provar diversos casos de abuso de crianças, causados por padres católicos.

“O diretor soube trabalhar todos os pontos de uma redação de um grande jornal e, ao mesmo tempo, soube mostrar o drama das vítimas.” – Maristela Bretas,do blog Cinema no Escurinho.

 

Carol – Diretor: Todd Haynes. Com Cate Blanchett, Rooney Mara, Kyle Chandler.
A jovem Therese Belivet (Rooney Mara) trabalha na seção de brinquedos de uma loja de departamentos. Um dia, ela conhece Carol Aird (Cate Blanchett), uma cliente que está em busca um presente de Natal para a sua filha.

“No papel de Carol, Cate Blanchett está deslumbrante. Com seus vestidos elegantes, a atriz parece transpirar moda em cada sequencia.” – Cícero Pedro Leão, jornalista

Guerra nas Estrelas – Episódio 7 – Diretor: J.J. Abrams. Com Daisy Ridley, John Boyega, Adam Driver.
Muitos anos depois da queda de Darth Vader e do Império, uma nova ameaça surge: a Primeira Ordem, uma organização sombria que busca acabar com o poder da República e que tem Kylo Ren, o General Hux e o Líder Supremo Snoke, como principais representantes.

“O aficcionado vai se identificar muito e mesmo quem não acompanha muito vai gostar dessa história, emocionante e triste, que faz a gente esperar ansiosamente pela outra parte.” – Frank Martins, crítico de cinema

 

Os Oito Adiados – Diretor: Quentin Tarantino. Com Samuel L. Jackson, Kurt Russell, Jennifer Jason Leigh.
O carrasco John Ruth está transportando a prisioneira Daisy Domergue, que ele espera trocar por grande quantia de dinheiro, quando, no caminho, os viajantes aceitam transportar o caçador de recompensas Marquis Warren, que está de olho em outro tesouro, e o xerife Chris Mannix, prestes a ser empossado em sua cidade.

“É o melhor filme do Tarantino nos últimos tempos. É um exercício de cinema, de trabalhar com os elementos cinematográficos.” – Jefferson Assunção, crítico e cineasta

 

Mad Max – Estrada da Fúria – Diretor: George Miller. Com Tom Hardy, Charlize Theron, Zoë Kravitz.
Após ser capturado por Immortan Joe, um guerreiro das estradas chamado Max se vê no meio de uma guerra mortal, iniciada pela Imperatriz Furiosa na tentativa se salvar um grupo de garotas.

“Palavras quase perdem o sentido. Repleto de som e fúria, Mad Max se transforma em um dos melhores thrillers de perseguição automobilística que o cinema já criou.” – Fernando Tibúrcio, jornalista

 

O Regresso – Diretor: Alejandro González Iñárritu. Com Leonardo DiCaprio, Tom Hardy, Domhnall Gleeson.
Hugh Glass viaja para o oeste americano com o objetivo de ganhar dinheiro com a caça. Atacado por um urso, fica criticamente ferido e é abandonado à própria sorte pelo parceiro John Fitzgerald, que também rouba seus pertences. Apesar disso, mesmo com todas as dificuldades, Glass sobrevive e inicia uma árdua jornada em busca de vingança.

“O Leonardo DiCaprio vai ganhar o Oscar, provavelmente… É um filme para ser visto no cinema. Para ter toda aquela sensação de imersão. A trilha sonora é incrível.” – Tullio Dias, crítico de cinema do “Cinema de Buteco”

Assista à crítica no Facebook.

 

Brooklyn – Diretor: John Crowley. Com Saoirse Ronan, Domhnall Gleeson, Emory Cohen.
A irlandesa Ellis Lacey se muda para os EUA para tentar realizar seus sonhos. No ínicio de sua jornada, ela sente falta de sua terra, mas vai tentando se ajustar aos poucos até que conhece e se apaixona por Tony, um bombeiro italiano.

“O que a gente tira de proveitoso do filme é a atuação da protagonista, que é realmente muito boa.” – Kelson Douglas, do blog Cinema Altamente Ácido

 

Ponte dos Espiões – Diretor: Steven Spielberg. Com Tom Hanks, Mark Rylance, Scott Shepherd.
Durante a Guerra Fria, James Donovan, advogado especializado em seguros, aceita uma tarefa muito complicada: defender Rudolf Abel (Mark Rylance), um espião soviético capturado pelos americanos.

“É um filme típico do Spielberg porque se vê uma questão muito presente na filmografia dele, que é o indivíduo contra o coletivo”. – Paulo Henrique Silva, do jornal Hoje em Dia.

Deixe um comentário