Alto-Falante lança série sobre discos cinquentões

Neste sábado, 23/02, o Alto-Falante inicia uma série de programas sobre discos que estão completando cinco décadas de história e que marcaram o mercado fonográfico. A série “Discos Cinquentões” vai apresentar reportagens e falar sobre as músicas que fazem parte dessas obras.

“Como aqueles caras tiveram a capacidade um som tão original e complexo naquela época.”
John Ulhoa, guitarrista do Pato Fu

A série começou com o disco d’Os Mutantes, “Mutantes”, lançado em fevereiro de 1969. No programa, nomes conhecidos comentam o álbum, contando curiosidades sobre as músicas, além de várias informações sobre esse clássico de um dos grupos mais influentes da música brasileira. Participam do primeiro episódio o guitarrista da banda Pato Fu, John Ulhoa; a jornalista, pesquisadora e autora do livro “Discobiografia Mutante” Chris Fuscaldo; e o jornalista e pesquisador do poeira Zine e autor do livro “Lindo Sonho Delirante”, Bento Araújo.

“É o disco mais limpinho, mais pop do Velvet. É a tentativa do Lou Reed de fazer um Velvet mais palatável, mais comercial e mais radiofônico.”
Thiago Pereira, jornalista

O segundo disco da série foi “Velvet Underground“, obra homônima da banda norte-americana, que se tornou eterna na história do rock. Quem falou sobre o trabalho, lançado em março de 1969, foi o professor e pesquisador Nísio Teixeira e o jornalista Thiago Pereira. O disco marcou uma mudança importante na carreira e no direcionamento musical do grupo.

“É o álbum mais ambicioso do Pete Townshend… E praticamente criaram o conceito de Ópera Rock”
Gastão Moreira, apresentador do Kazagastão

“Tommy”, da banda britânica The Who, o maior clássico da ópera rock que marcou o mundo da música, é analisado por Gastão Moreira, ex-MTV, do canal Kazagastão. A obra conta a história fictícia, por meio das canções, de Tommy, um garoto cego, surdo e mudo que se torna campeão de pinball. Seis anos após o seu lançamento, a obra virou filme foi parar nos cinemas. A montagem contou com  um elenco de estrelas da música, incluindo os próprios integrantes da banda. Entre os artistas que atuaram na película estão Eric Clapton, Tina Turner e Elton John, com uma participação memorável em Pinball Wizard.

“O disco tem essa característica bem rock e experimental. É uma obra atemporal.”
Bem Gil, músico

O ano de 1968 já tinha sido muito marcante no Brasil, tanto na música quanto na política. Gilberto Gil já tinha lançado dois discos e marcado a história do movimento tropicalista. Em 1969, Gil lança “Cérebro Eletrônico” e dá continuidade ao experimentalismo na música, misturando, entre outras coisas, o baião com o rock. O disco entrou para a história com sucessos como Aquele Abraço, 2001 e Cérebro Eletrônico.

CONFIRA A SÉRIE COMPLETA

 

Deixe um comentário