Cultura marginal é destaque na programação de cinema da semana

A programação de cinema de março começa com uma série de produções brasileiras que destacam a cultura marginal e seus diversos aspectos sociais e políticos. Os filmes são exibidos nas madrugadas da Rede Minas, em parceria com a TV Brasil. Confira abaixo a programação completa.

Favela on Blast
Terça, 01/03 (0h30) – Favela on blast

Um retrato da cultura em torno do Funk Carioca.

O filme é um registro das interações humanas, linguísticas e estéticas no cotidiano das comunidades carentes do Rio de Janeiro. O funk se apresenta como um ponto de interseção, de encontro de classes sociais distintas, local onde personagens se misturam, favorecidos por uma linguagem musical acessível. Mc’s, Dj’s, moradores das comunidades, pessoas que se propõem uma alternativa através da cultura popular. O Funk é um ritmo que busca referências em toda parte.Direção: Leandro HBL e Wesley Pentz (DJ Diplo)
Roteiro: Leandro HBL, Wesley Pentz (DJ Diplo), Breno Fortes e Ricardo
Produtor: Luiz Bolognesi, Caio Gullane, Marco Mueller e Sara Silveira
Ano: 2008
Gênero: Documentário
Soldado de Deus
Quarta, 02/03 (0h30) – Soldado de Deus

Um relato sobre o integralismo no Brasil e sua importância na vida política brasileira.O filme traz o testemunho daqueles que ajudaram a estabelecer, exerceram e, ocasionalmente, deixaram de defender seus princípios e práticas; aqueles que sempre o condenaram, julgaram e criticaram; e, ainda, daqueles que estudam os tempos em que o nacionalismo de direita mobilizou em torno em torno de um milhão de pessoas e teve 500 mil filiados, construindo o primeiro partido de massas do Brasil.

Classificação Indicativa: Livre
Ano: 2004
Gênero: documentário
Direção: Sérgio Sanz
Narração: Nelson Xavier

Paulo Moura - Alma Brasileira
Quinta, 03/03 (0h30) – Paulo Moura – Alma Brasileira

Um resgate de mais de 40 anos de registros filmados e escritos de Paulo Moura.

O documentário apresenta 25 músicas do repertório do compositor, clarinetista e saxofonista Paulo Moura, enquanto o próprio Paulo Moura dá mais detalhes sobre sua trajetória pessoal e no cenário musical brasileiro.Ano: 2012
Direção: Eduardo Escorel
Gênero: Documentário
No meio da rua
Sexta, 04/04 (0h30) – No meio da rua

Filme infantil mostra a relação de crianças de classes sociais diferentes.

Leonardo é um garoto de 11 anos de família de classe média alta, que tem vários tipos de aula e carro com motorista. A caminho da escola, ele conhece Kiko, um garoto de sua idade que faz malabarismos na rua para ganhar alguns trocados. Os dois se tornam amigos e Leonardo empresta seu Game Boy para Kiko, mas sua mãe não vê com bons olhos essa amizade. Dois valentões da favela tomam o jogo de Kiko e os dois amigos decidem subir o morro para recuperar o Game Boy a todo custo.Ano: 2005
Gênero: infantil
Direção: Antonio Carlos da Fontoura
Elenco: Flávia Alessandra, Tarcísio Filho, Leandro Hassum, Guilherme Vieira, Clesay Delfino, Maria Mariana Monnerati.
Classificação Indicativa: 10 anos
Augustas
Sábado, 05/04 (0h30) – Augustas

Filme traz referências do Cinema Marginal brasileiro das décadas de 1960 e 1970.

Na mítica Rua Augusta, em São Paulo, um jornalista em busca das respostas para suas angústias mergulha no universo da prostituição e em rituais neoxamânicos. Baseado no livro “A Estratégia de Lilith”, de Alex Antunes & Sish.
A obra conquistou diversas premiações, entre elas a 15° Mostra de Cinema de Tiradentes, o 2° Festival LUME de Cinema (São Luís/MA) e o 7° Festival Latino Americano de Cinema de São Paulo.Direção: Francisco César Filho.
Elenco: Mário Bortolotto, Caroline Abras, Georgina Castro, Guta Ruiz, Maíra Chasseraux, Selma Egrei, Henrique Schafer, Juliano Cazarré, Milhem Cortaz, Fernando Bezerra, Paula Pretta, Dionísio Neto, Ziza Brisola, Gustavo Brandão, Fioravante Almeida e Phedra de Córdoba.
Classificação Indicativa: 14 anos
Entre a Luz e a Sombra
Domingo, 06/04 (1h15) – Entre a Luz e a Sombra

Documentário investiga a violência e a natureza humana de personagens ligados ao Carandiru.

Ao longo de sete anos, a partir de 2000, o documentário acompanha os passos de personagens que tiveram seus destinos cruzados no complexo paulista considerado o maior presídio da América Latina: a dupla de rappers 509-E, formada por Dexter e Afro-X dentro do presídio; da atriz Sophie Bisilliat, que dedica sua vida para humanizar o sistema carcerário; e de um juiz que acredita em um meio de ressocialização mais digno para os prisioneiros.Ano: 2009
Gênero: documentário
Direção: Luciana Burlamaqui
Classificação Indicativa: 12 anos

Deixe um comentário