Rede Minas apresenta nova gestão da emissora

A direção da Fundação TV Minas Cultural e Educativa (FTVM) reuniu nesta terça-feira, 25 de outubro, no auditório, profissionais da emissora para apresentação da nova gestão da casa. Abriu o evento Jordana Almeida, nova presidente da instituição. Foram apresentados também o Diretor de Programação e Produção, Kiko Ferreira, e a diretora de Jornalismo, Maria Amélia Ávila.

A nova presidente da emissora abriu o encontro destacando os problemas e a importância de todos os profissionais que, segundo ela, vão ajudar na ação de reconstrução da TV: “Precisamos colocar a Rede Minas nos trilhos. Peço ajuda mútua para reerguer o nome da emissora”, ressaltou. Jordana Almeida pediu compreensão de todos nessa fase e chamou atenção para o trabalho em equipe, colaborativo, a fim de atingir as propostas e unificação de conteúdo e de troca de experiências com a Rádio Inconfidência, dentro do processo de consolidação da Empresa Mineira de Comunicação (EMC).

Em seguida falou o diretor de Programação e Produção Kiko Ferreira. Ele expôs sua trajetória profissional e experiências coordenando a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais:  “Estou chegando a este ano a 40 anos de profissão. Trabalhei 10 anos na Rede Minas no início da minha carreira. Então, toda experiência que eu tive em TV partiu da emissora. Fui o primeiro funcionário a ser nomeado diretor. Então, tenho um carinho enorme por ela. Colaborei com vários programas e projeto e é um prazer estar de volta. Por coincidência, a última vez que estive aqui como diretor foi quando nós fizemos a mudança da Rede Minas, que era no bairro Floresta, e agora venho para fazer uma segunda mudança 20 anos depois. Estou muito orgulhoso e muito feliz por ter sido convidado”, relatou. O profissional defendeu ao mesmo tempo a necessidade de adaptação às novas tecnologias e as perspectivas de novos formatos de programas na emissora.

A diretora de Jornalismo, Maria Amélia Ávila, também chamou atenção para sua experiência e formações na área do audiovisual. Ela falou do seu trabalho na Rádio Inconfidência e das trocas de experiências que podem acontecer na EMC. A profissional ressaltou as expectativas quanto ao seu trabalho na Rede Minas no comando do Jornalismo.

Deixe um comentário