Rede Minas exibe a série .Inutrealidade

topoinutrealidade

A Rede Minas passa a exibir, a partir do próximo dia 7 de setembro, ao longo de sua programação, a série .Inutrealidade, que em vídeos de curta duração busca reafirmar e ressignificar a imagem de personagens públicos, resgatada e reapresentada a partir de arquivos pessoais desses personagens, de uso previamente autorizado.

“A produção pretende pesquisar e difundir a memória brasileira, por meio de uma composição audiovisual de caráter histórico, numa perspectiva sociológica, filosófica, política e cultural. É resgate e reinterpretação da história por meio de depoimentos de valorosos brasileiros e imagens documentais de nosso povo”, descreve a equipe de idealizadores e produtores da série.

Inutrealidade-Web7

No mundo de hoje, a memória de uma personalidade pública é tecida necessariamente pelo audiovisual, que é tão relevante quanto o testemunho oral e escrito, sem deixar de por em relevo que muitas vezes determinadas imagens são mais carregadas de sentido do que outras fontes.

Assim, a série .Inutrealidade não consiste apenas na reexibição dos vídeos, mas sim de uma reapresentação deles, com foco em seu significado espacial, cronológico, icônico e sócio-político. Estimulando uma visão crítica e sensível à própria história, cada vídeo conta com depoimentos e falas de um personagem relevante da história brasileira, dando ênfase à força do documento audiovisual de seu discurso.

Os primeiros vídeos terão como personagens o antropólogo e escritor Darcy Ribeiro, o engenheiro e físico Bautista Vidal, o político Leonel Brizola e o sociólogo e jornalista Gilberto Vasconcellos.

A série estreia nos intervalos da programação da Rede Minas no dia 7 de setembro, mas terá um lançamento público no dia 6 do mesmo mês, com um sarau na Praça da Rodoviária, às 19h, com presença do Apoema Sarau Livre.

Veja mais informações sobre o evento de lançamento no Facebook.

Comentários

Deixe um comentário